terça-feira, 2 de maio de 2017

Atividade Arranjo e Descrição 2017/1

Utilizando a ferramenta dos 4Q1POC elaborem uma proposta comercial do grupo para a atividade de descrição do acervo. 

Prazo: 03 de maio de 2017. 

Forma de entrega: Postar nos comentários

Valor: 1,0 ponto.


* (O quê) Apresentem a proposta dos produtos do serviço (no mínimo 3) lembrando que tem que associar com a disciplina de descrição arquivística.

* (Por Que) Justifiquem a importância da execução do serviço;

* (Onde) Apresentem quem é o seu público alvo e a região que se pretende atingir; especifiquem onde serão realizados os trabalhos.

* (Como) Apresentem as etapas necessárias para a elaboração dos produtos e seus respectivos responsáveis;

* (Quando) Elaborem as etapas e o prazo para cada uma delas indicando o responsável;

* (Quem) Nome e e-mail dos componentes dos grupos (máximo 4 componentes); indique um líder para ser responsável pela atividade;


* (Quanto) Façam um orçamento para a proposta comercial;


4 comentários:

  1. 1.

    • Elaborar um inventário como instrumento de pesquisa que possibilite a eficiência ao acesso de informação para o usuário;
    • Organizar o acervo da instituição, visando recuperar a organicidade da produção documental
    • Garantir a integridade física dos documentos, objeto dos serviços contratados e devolução integral dos mesmos.
    • Disponibilizar o acesso a todos os cidadãos que buscam conhecer a instituição como um parceiro




    2. Baseado na literatura do Lopez, o instrumento de pesquisa , é importante por ser uma ferramenta utilizada para descrever um arquivo, ou parte dele, com a função de de orientar a consulta e de determinar com exatidão a localização dos documentos e com a finalidade de controle e de acesso ao acervo. Através de um inventário a informação estará organizada, de forma clara e rápida disponibilização aos consulentes.


    3.
    • Dar acesso a todos os cidadãos do Estado do Espírito Santo, Arquivistas , órgãos governamentais, pesquisadores e interessados, alunos de ensino fundamental, médio e superior, que busquem registros de valor legal, fiscal, administrativo, probatório, histórico ou científico.
    • Identificar e conhecer a Instituição e seu acervo, estabelecendo o que será desenvolvido após a aceitação da proposta, ( todos da equipe)
    • Fazer uma reunião com a equipe com as respectivas responsabilidades de cada profissional responsável. (coordenador da equipe)
    • Colocar em prática as propostas e atividades acordadas em reunião ( todos da equipe)



    4. Fazer a descrição arquivistica do acervo da AARQES , visando a organicidade da produção dos documentos em 04 meses – responsável por esta etapa -Lucas Bacelar supervisionado pelo líder Henrique Lacerda
     Higienizar o acervo com aproximadamente com 10.000 páginas, no prazo de 03 meses - responsável por etapa – Eduardo Ferreira/Sirlene Nicolau
     Digitalizar o acervo de forma correta, seguindo os critérios da ética e transparência no prazo de 03 meses – responsável por esta etapa- Eduardo Ferreira/Sirlene Nicolau
     Elaborar a planilha com a objetividade de serem visualizadas e atender com clareza a localização da informação para o usuário,em um tempo hábil de 05 meses- responsável por esta etapa- Lucas Bacelar auxiliad.o pelos demais.



    5.• Eduardo Ferreira Dias – eduardo.fd18@gmail.com
    • Lucas M Bacelar –lucasmbacelar@hotmail.com
    • Henrique José Lacerda (Líder) – ricklitlle@hotmail.com
    • Sirlene dos Santos Nicolau- sirlenecaravelas@hotmail.com





    6.Orçamento de Proposta comercial

    HSLE Memória e Informação
    CNPJ: 193.209.0001-79
    Avenida Paulo Freire, 437- Bairro Vitória
    Cep: 36453-256 – Vitória ES –
    Tel: 27-3094-1366/9998-5432 – email: hsleminformacao@gmail.com

    Para:
    À Associação dos Arquivistas do estado do Espírito Santo

    Prezados Senhores,
    Conforme solicitação apresentamos a V.Sªs a nossa proposta comercial relativa a prestação de serviços de higienização, digitalização e elaboração da planilha com a descrição arquivística seguindo as normas e critérios da legislação vigente, assumindo inteira responsabilidade por quaisquer erros que tiverem sido cometidos no decorrer da execução da prestação dos serviços. Assim, propomos o valor total de R$ 40.000,00 (quarenta mil reais) , sendo relacionados em partes os valores individuais dos objetos da proposta:

    1- Higienização do acervo: R$ 4.500,00
    2- Digitalização do acervo: R$ 5.800,00
    3- Elaboração da planilha : R$ 5.000,00
    4- Locação de transporte; R$ 3.000,00
    5- Mão de obra : R$ 21.700,00



    Atenciosamente,
    Henrique Lacerda
    Diretor de Vendas da HSLE Memória e Informação


    Vitória, 03 de maio de 2017.




    ResponderExcluir
  2. Grupo: Brenda Rodrigues, Bruno dos Anjos, Fernanda Leal

    https://drive.google.com/file/d/0B2ouEETUmGH6em5MMGZxRV9INUE/view?usp=sharing

    ResponderExcluir
  3. 4Q1POC - FOTO Memória

    1. O quê.

    -Elaborar um inventário das fotografias do Acervo Cine Memória, atribuindo um código a elas assegurando assim o registro da organicidade e de sua ordem original.
    - Criar uma planilha com os respectivos códigos de acesso as fotografias.

    1.2 O porquê.
    A história pode ser contada de diversas maneiras, pela escrita, pelo diálogo e também por imagens. A fotografia, registro de uma atividade, tenta representar e preservar momentos, acontecimentos significativos.
    Um acervo que contenha fotos que retratam de alguma maneira o passar da história por meio delas merece toda atenção. A sociedade sempre procura meios para lembrar seus momentos importantes. Entretanto, nas décadas anteriores esse registro não possuía tamanha qualidade e acessibilidade como no século XXI. Por isso a coleção Cine Memória, que reúne imagens de cinemas antigos do Estado do Espírito Santo, possui a necessidade de um instrumento de pesquisa feito especialmente para que haja uma preservação da Memória cinematográfica espírito santanense e consequentemente um acesso mais ágil e rápido a essas capturas do tempo. Sendo assim, trazer fotografias que remetem a anos anteriores através da relação do cinema com a história da cidade é conseguir se permitir envolver com os sonhos e as fantasias das gerações passadas.

    2 Onde.
    O público alvo se direciona a todos os interessados em conhecer um pouco mais sobre os antigos cinemas e suas salas do Estado do Espírito Santo. Sem qualquer tipo de restrição.

    3 Colocando em prática. Como?
    I. Reunião/planejamento; Todos.
    II. Pesquisa de origem (como as fotos chegaram ao lugar que estão agora?); Emilly e Lorenza.
    III. Criação (planilha); Ana Caroline
    IV. Reunião de revisão; Todos
    V. Aplicação (criação do inventário); Todos
    VI. Apresentação e entrega do inventário. Débora e Thiago

    3 Duração do projeto. Quando?

    1- Pesquisa de origem, procurar informações sobre como a coleção chegou onde está;
    2- Fazer a descrição arquivística das fotos, para início da planilha;
    3-Criação da Planilha com códigos de acesso as fotografias;
    4- Reunião para ajuste de detalhes;
    5- Inventário;
    6- Entrega do projeto.

    Duração: 3 meses.

    4. Equipe.

    Coordenador (a): Débora evdebora@hotmail.com Thiago Lopesthiagolopes1000@hotmail.com
    Ana Caroline carol.tenoriog@hotmail.com
    Lorenza Barboza lorenza.dsb@gmail.com
    Emilly Reis emilly_reis@hotmail.com

    5 Orçamento.


    FOTO Memória
    CNPJ: 234.997.3365-70
    Avenida Abdo Saad, 39 - Serra/ES
    Cep: 29175-510  
    Tel: 27 3066 -1020 email: memoriafoto@hotmail.com


    Prezado,
    Conforme solicitado segue a proposta orçamentária.

    1. Criação de planilha - 200,00$
    2. Criação de inventário - 1.800,00$

    Total: 2.000,00$.


    Atenciosamente,
    Débora R. Nascimento
    Coordenadora Foto Memória.


    Serra, 03 de maio de 2017.

    ResponderExcluir
  4. Segue o link da proposta do meu grupo:
    https://drive.google.com/open?id=0B6VOL2sU69VfX1U4V3dZdVdyTVk

    ResponderExcluir